3

Resenha: Indefensável - Leslie Leitão, Paula Sarapu e Paulo Carvalho - @editorarecord


Sinopse: Livro destinado a muita polêmica e grande imprensa, esta reportagem, escrita como thriller policial, disseca a macabra trama – planejada e calculada com rara frieza pelo então maior goleiro do Brasil, Bruno, do Flamengo – que resultaria na morte da jovem Eliza Samudio, em junho de 2010. Nada escapa: num ritmo frenético, verdadeiramente cinematográfico, está tudo lá, desde a concepção da armadilha que capturaria a modelo, a execução do sequestro e o desaparecimento da jovem até o teatro dos julgamentos e a condenação dos responsáveis. A ação é entremeada de capítulos, de fina percepção psicológica, que mergulham nos perfis dos principais envolvidos, sobretudo Eliza, Bruno e Macarrão (braço direito do goleiro), mostrando-os desde a infância até, no caso do jogador, o sucesso e as conquistas profissionais. As passagens que recriam o ambiente de bastidor do Flamengo – a relação entre os craques, Adriano entre eles, e a vida de farra sem limites que levavam – são extraordinárias.

Resenha: O livro conta a história do goleiro Bruno e da morte de Eliza Samudio. Na época o Bruno era um dos melhores, senão o melhor goleiro do Brasil e havia um boato que seu nome estava cotado para defender o Brasil na copa de 2014. Bruno então estava no auge de sua fama, ganhava muito dinheiro e queria festas e mulheres, mesmo casado e conheceu Eliza, engravidou a modelo e quando seu filho tinha quatro meses de vida, Eliza morreu.

O livro tem 265 páginas e eu simplesmente devorei, e quando não estava lendo-o, estava no you tube olhando os videos sobre o "caso do goleiro Bruno", porque na época era uma bagunça, cada um dizia uma coisa, e com o livro deu para entender bem melhor a história.

["Eliza não veio a Minas a passeio. Ela foi agredida, espancada, subjugada, sangrada...Bruno e sua turma a trouxeram para cá porque aqui Eliza não tinha amigos, contatos." E então remetia á Fernanda, duramente: "Aquela dissimulada disse que Eliza não tinha nenhuma marca de agressão. Que mulher não repara em uma mulher?" - Questionou dirigindo o indicador para o lugar vazio da loura: "Ela, cheia de cruzes e símbolos religiosos para simular sua personalidade e dignidade moral."]

Não posso deixar de citar que também temos detalhes da vida de Dayanne, que é a ex-mulher de Bruno e que também foi para a cadeia, do Macarrão, do Bola e de Fernando, hoje mulher de Bruno.

Os autores desse livro são jornalistas que se tornaram amigos, Paulo foi quem gravou o vídeo em que Eliza disse que foi agredida por Bruno, eles conversavam diariamente e tiveram muito contato antes dela ir para Minas, Leslie foi o último dos jornalista a entrar no caso e Paula, conhecia Eliza, e tentou aproximar-se de Ingrid que era noiva de Bruno.

["A juiza, em seguida, quis saber qual foi a reação de Bruno quando informado de que a ex-amante fora assassinada. Ele disse que ficou desesperado, com medo de tudo o que acontecera, e que chorou muito: "No fundo, no fundo, eu sabia que tinha acontecido." A magistrada, então endureceu: "E quanto tempo durou seu desespero?" - perguntou. Decerto ela lembrava que o jogador viajara para o Rio de Janeiro, com o time do 100% F.C., na madrugada de 10 para 11 de junho, onde participou do aniversário do jogador Vágner Love e, depois, seguiu com os amigos para uma casa alugada em Angra dos Reis, para passar o fim de semana em festa, a exemplo das fotos anexadas ao processo, á época postadas na rede social Orkut. A resposta do goleiro faria com que Dayanne balançasse a cabeça negativamente e cobrisse o rosto com as mãos. "Foi mais ou menos uma hora e meia de desespero" - disse.]

O livro, como aborda o tema que eu mais aprecio, que são crimes reais, me pegou de surpresa e se tornou um dos meus favoritos do ano de 2014. Recomendo para quem gosta desse tema ou que queiram saber mais da história de Bruno ou de Eliza. Quem gosta de livros com tribunais também vai curtir bastante.

   
Eunice Ely

1

Resenha: Ela disse, ele disse - O Namoro - Thalita Rebouças e Mauricio de Sousa - Editora Rocco


Sinopse:


Um dos grandes sucessos de Thalita Rebouças, Ela disse, ele disse ganha continuação, com a participação mais que especial de Mauricio de Sousa e sua Turma da Mônica Jovem. Em Ela disse, ele disse – O namoro, Leo e Rosa, que se conheceram e se apaixonaram no primeiro livro, estão namorando. E continuam descobrindo as delícias e agruras da vida a dois. Entremeando as vozes dos protagonistas com cenas ilustradas, a história de Leo e Rosa é acompanhada por ninguém menos que Mônica, Cebola, Cascão e Magali, que estão lendo o livro de Thalita Rebouças no colégio e se divertem com as aventuras e desventuras do casal.

Minha Opinião:

Hoje vou trazer para vocês a resenha de um livro muito fofo escrito pela gracinha da Thalita Rebouças e brilhantemente ilustrado pelo famosíssimo Mauricio de Sousa.

O livro Ela disse, Ele disse – O Namoro, foi lançado ano passado e assim que vi resenhas sobre ele saindo na internet,   fiquei louca para -lo, afinal ele iria trazer ilustrações da Turma da Mônica que eu sou super fã. Assim que o vi em promoção, comprei e esperei o momento “certo” para -lo. E foi exatamente isso que aconteceu, o livro é fininho são apenas 141 páginas e super leve de ler, é aquele livro para pegar, ler em uma sentada, reviver a adolescência e termina-lo com um imenso sorriso no rosto.


Quando fui fazer essa resenha, descobri que esse livro é uma continuação do livro Ela disse, Ele disse que foi lançado em 2010 e que narra a história da Rosa e do Léo antes de namorarem. Eu, particularmente, nem havia percebido que havia um livro anterior a esse, então, creio que um pode sim ser lido independentemente do outro.  

A Turma da Mônica Jovem faz uma participação especial no livro, eles estão na escola e a professora pede para eles lerem um livro, que é Ele disse, Ela disse – O Namoro e a turminha vai lendo e dando sua opinião na história e em tudo que acontece com o casal fofo do momento.




O livro em si narra a história de Rosa e Léo, sobre o ponto de vista dos dois personagens, cada um contando sua “versão” dos fatos, o que é muito legal, já que os dois vivem a mesma coisa, mas a encaram de forma completamente diferente




A história gira em torno no namoro dos dois, durante esse namoro, acontecem inúmeras situações, a Rosa como toda adolescente é cheia de amigas, adora sair com elas pro shopping e quer passar o dia todo “grudada” em seu amado, todo mês ela quer comemorar o aniversário do namoro, mesmo que a data seja no dia do futebol entre amigos que o Léo tanto adora e nunca quer faltar, já ele adora seu futebol e não consegue entender o porque de ficar tão junto com a Rosa em todos os momentos, e porque é tão importante comemorar todos os meses do namoro, principalmente ter que deixar de ir pro sagrado futebol para comer um brigadeiro horrível que sua namorada prepara.

O livro é recheado de confusões e desentendimentos, que nos remetem a época da adolescência e nos faz ver como bobos nós fomos em algumas situações, o que é incrível.




A narrativa da Thalita é muito boa, rápida e envolvente, você começa a ler o livro e do nada já se imagina nas cenas, recordando bons momentos e louca para saber como o livro vai acabar. O livro é muito bem feito, a diagramação impecável e as ilustrações perfeitas.

Ótima indicação de leitura para os adolescentes e também os não adolescentes rs, pois pessoal, recordar é viver e turma da Mônica e Thalita Rebouças nunca sai de moda. Dentro do gênero, merece minhas 5 estrelas * *

Um gostinho do livro, por Thalita Rebouças e Mauricio de Sousa






Beijus


Renata Sara
0

Lançamentos de Maio Grupo Editorial Pensamento

Olá pessoal, tudo bem??? Ainda vem alguém aqui? Rs

Finalmente dei o ar da graça aqui no blog, mas ainda não é para trazer uma resenha e sim os lançamentos literários do Grupo Editorial Pensamento que estão cheios de novidades por aí.

Sinopse - Túneis da Morte - Necrovias - Livro 01 - Niel Bushnell
Quando Jack Morrow descobre que não é um menino comum, ele é arrastado quase imediatamente numa aventura surpreendente, muito além de qualquer coisa que um dia tenha imaginado. Isso porque Jack é um Viajante, alguém com a capacidade de viajar através das Necrovias, túneis que ligam cada lápide ao dia em que a pessoa morreu. Ao se ver na Londres devastada pela Segunda Guerra Mundial, na companhia de David, seu avô, na época ainda adolescente, Jack percebe que sua chegada a 1940 não passou despercebida. Forças malignas de um mundo secreto são convocadas a encontrá- lo. Enquanto Jack luta para sobreviver nessa aventura cheia de perigos e surpresas, ele acaba por desvendar o segredo sombrio da sua família, e se empenha, numa corrida contra o tempo, para tentar mudar o seu destino...


O Estranho Mistério das Quartas-Feiras - Julie Bourbeau

Sinopse: O vilarejo de Max é absolutamente normal em todos os sentidos e em todos os dias da semana... exceto às quartas-feiras. A maioria dos habitantes tranca portas e janelas para se esconder das muitas coisas estranhas que acontecem nesses dias, coisas como gatos presos dentro do aspirador de pó, bolos de aniversário que pegam fogo ou escorregões com desfechos catastróficos. E Max, de 10 anos de idade, não gosta de ficar trancado em casa. Inquieto e curioso, ele quebra todas as regras do vilarejo e sai à procura da causa de todas essas esquisitices das quartas-feiras. O que ele descobre é um segredo tão bizarro e sobrenatural que sua vida jamais será a mesma. O próprio Max nunca mais será o mesmo! De repente, os acidentes inexplicáveis tão comuns às quartas-feiras passam a acontecer com ele também às quintas, às sextas e até mesmo aos sábados! O que aconteceu com Max? E, mais importante, será que existe uma cura para esse estranho mistério das quartas-feiras? Mistério, magia, monstros perigosos e outras bizarrices você encontra aos montes nesta história fantástica de um garoto que quer desesperadamente que sua vida volte ao normal! 


Amores Improváveis - Jennifer S. Holland

Sinopse: Depois do sucesso do best-seller Amizades Improváveis, que documentou histórias incríveis de vínculos entre espécies diferentes, Amores Improváveis oferece uma visão reconfortante de animais que têm um apego profundo e amoroso um pelo outro. Será que existe mesmo amor fora do reino humano? Embora alguns etologistas possam se opor a essa ideia, os 43 relacionamentos impressionantes apresentados neste livro repleto de histórias comoventes apontam para um enfático sim. Aqui estão histórias de espécies de animais muito diferentes que não querem se separar de jeito nenhum. De animais que fariam qualquer coisa para proteger aquele que eles amam. E de animais que oferecem o amor inabalável de um pai ou mãe a um filho de sangue. Escritas por Jennifer S. Holland, e documentadas com encantadoras fotos coloridas, estas belas histórias provam que o amor não conhece fronteiras. Você vai conhecer a história da dálmata que cuida de um carneiro órfão recém-nascido – um carneiro que por acaso tem as mesmas pintas da mãe adotiva! A dedicação de Chendra, uma elefanta resgatada da Indonésia, que cumprimenta os seus amados bodes e leões-marinhos, entre outros animais, em cada passeio que dá no zoológico de Oregon. Ou a história da raposa e do cão de caça – um verdadeiro conto de fadas da vida real – que são tão afetuosos quanto irmãos de sangue. 



A doença como linguagem da alma na criança - Rüdiger Dahlke
Sinopse: Escrito por Rüdiger Dahlke, autor best-seller com mais de 200.000 exemplares vendidos somente no Brasil e precursor da medicina psicossomática espiritual, e pela homeopata infantil Vera Kaesemann, este livro é um manual de orientação prática sobre doenças infantis e uma obra de referência sobre a psicossomática como meio de alcançar um maior desenvolvimento da alma. O trabalho desses dois especialistas é mais atual do que nunca, pois o número de pais que buscam, sem sucesso, a solução para os problemas dos filhos na medicina tradicional aumenta a cada dia. Com base em quadros clínicos individuais, eles analisam as principais doenças e os inúmeros sintomas infantis do ponto de vista psicossomático, interpretando- os e esclarecendo-os no seu sentido mais profundo, oferecendo um auxílio valioso para entender melhor o significado das doenças nas crianças, sendo também uma obra de consulta extremamente útil e versátil no dia a dia, para pais que querem ajudar os filhos por meio de um caminho mais holístico e consciente.
Espero que todos gostem!!!

Beijus
3

Resenha: Dias melhores virão - Jennifer Weiner - @Novo_Conceito

Sinopse: A vida de quatro mulheres muito diferentes se entrelaçam de formas inesperadas neste novo romance da autora best-seller Jennifer Weiner. Cada mulher tem um problema: Jules Widgren, formanda de Princeton precisa de dinheiro para ajudar o pai dela a curar seu vício; A dona de casa Annie Barrow está desesperada para ficar financeiramente estável; India Bishop anseia por ter um filho, um desejo que sua enteada Bettina só pode considerar com profundo ceticismo até ela se encontrar em uma situação inesperada. Dramas interligados, concebidos para enredar o leitor e construir um best-seller.

Minha opinião: O livro tinha tudo para dar certo. Desde o titulo, a capa, até a história que é sobre Ruth que quando era pequena sofre um acidente de carro e os pais morrem e ela fica com cicatrizes. 

Meu estilo de livro, drama total, mas já comecei a me irritar quando percebi que estava na página 100 e o livro não andava, a história é maçante, a personagem é chata e acho que a única que eu gostei um pouquinho foi a avó dela, que desde o começo está ao seu lado.

Os casos de amor de Ruth são sem graça, sem nenhuma emoção, a sua vida profissional é chata, assim como nós sempre procurando achar o melhor, sempre em uma gangorra ganhando, perdendo, ganhando, perdendo... mas, qual a novidade? 


" - Se você der um peixe para um homem um dia, nesse dia ele come - anunciou. - Se você ensinar o homem a pescar, ele come a vida inteira."


Acredito que quem consegue se concentrar muito e ter bastante paciência, pode vir a gostar da personagem e é claro do livro, mas eu achei bem cansativo.

Já li outro livro da Jennifer Weiner, chamado "Em seu lugar" e embora a leitura seja maçante também, a história é envolvente e você com certeza vai querer chegar ao final.

Como eu gostei do livro Em seu lugar e não gostei desse. Provavelmente vou dar mais uma chance para a escritora.

Tem também o livro Bom de cama que eu estou com vontade de ler e a Renata me emprestou, quem sabe leio esse?

A resenha ficou bem curta, pois não tenho realmente muito o que falar, dessas 400 páginas.


Eunice Ely








2

Resenha: Profundamente sua - Sylvia Day - Livro 2 série Crossfire - Editora Paralela

Resenha: Gideon Cross. Ele é tão bonito e perfeito do lado de fora quanto é danificado e atormentado no interior. Ele era uma chama brilhante e ardente que me chamuscou com o mais escuro dos prazeres. Eu não poderia ficar longe. Eu não queria. Ele era o meu vício... meu desejo... todo meu. Meu passado foi tão violento quanto o dele, e eu estava tão machucada. Nós nunca iríamos ser normais. Era muito difícil, muito doloroso... exceto quando era perfeito. Aqueles momentos em que a voragem do amor desesperado eram a loucura mais requintada. Fomos completamente subjugados pela nossa necessidade. E a nossa paixão nos levaria além dos nossos limites para a mais doce borda da mais nítida obsessão.

Minha opinião: Nesse segundo volume, Sylvia Day conseguiu me prender em alguns momentos e em outros não... O livro oscilava muito e tive muita raiva de Eva e de Gideon.

Ambos são viciados em sexo, e Eva ficava muito irritada quando Gideon em vez de explicar as coisas erradas que estava fazendo, fazia sexo com ela. Aliás, eu fiquei irritada quando isso acontecia, pois assim ele nunca conseguia explicar, ficou o livro inteiro "Confia em mim" e isso me irritou MUITO.

E outra, não gostei de uma coisa que a Eva fez também, um acontecimento que não posso me dar ao luxo de escrever aqui, senão será um grande spoiler. Quando ela fez o que fez, deu vontade de parar de ler o livro e fiquei em dúvida em diversos acontecimentos depois.

"Ele era minha droga, um vicio que eu não tinha a menor vontade de largar."

Eva também é uma "mocinha" diferente, pois tem a boca suja, tem dinheiro e isso a difere de todas as outras, que ficam quietas, choram, se atormentam e não levam a vida adiante, Eva já manda ir para o inferno, sofre uma semana, se levanta e vai viver a vida.

Gideon, pra mim é um sonho claro, mas se antes eu achava homem controlador tudo de bom, depois desse livro nunca mais, não dá! Ele fica bravo de cinco em cinco minutos, e isso vai cansando...

Cary é um dos personagens que eu mais gosto, porque com ele não tem tempo ruim, ele é um bissexual gato, que gosta de pegar geral, e mesmo sendo tão galinha, consegue contagiar com sua simpatia.

"Um tremor delicioso se espalhou por meu corpo. Quando se tratava de Gideon Cross, o que eu mais queria no mundo era ser devorada."

Quando Eva começa a investigar as coisas para saber o que Gideon não fala, o livro começa a ficar interessante novamente, e assim conseguimos entender um pouco dos fantasmas que rodeiam a cabeça atormentada dele.

Temos também a mãe de Eva, que eu gostei bastante, fiquei imaginando uma mulher perfeita, que ostenta, que é metida, mas que ao mesmo tempo consegue atrair nossa atenção, o modo como ela gosta do Cary, também somou com que eu simpatizasse com ela.

"Doutor..." Gideon apoiou um dos tornozelos sobre o joelho e se recostou no assento em uma postura de quem estava irredutivel. "O único jeito de me fazer resistir a ela é me matando. Tente encontrar outra maneira de fazer a gente dar certo."

Não vou dizer que o livro me agradou muito, ele é bom, mas o primeiro é muito melhor, e o segundo como eu disse antes, empacou. Vou ler o terceiro por pura curiosidade, e rezo para que seja melhor que esse volume.

Quem quiser conferir a resenha do primeiro volume, só clicar AQUI!


Eunice Ely



2

Resenha: O julgamento de Gabriel - Sylvain Reynard - @editoraarqueiro

Sinopse: Eles estão vivendo uma paixão arrebatadora. Mas muitas pessoas são contra esse amor. Gabriel Emerson e Julia Mitchell se conheceram há muito tempo, quando ela ainda era adolescente, numa noite mágica e confusa. Mas, apesar de todo o sentimento que nasceu entre eles, no dia seguinte seus caminhos se separaram. Anos depois eles se reencontraram quando Julia começou o mestrado na Universidade de Toronto. Gabriel era um professor enigmático, sedutor e muito arrogante que a atormentava e perseguia. No entanto, o que mais fazia Julia sofrer era ele não se lembrar dela. Mas nem mesmo o insensível Gabriel é capaz de resistir à profunda conexão que existe entre eles e logo os dois embarcam numa tórrida paixão proibida. Com o fim do semestre e do curso ministrado por Gabriel, eles deixam de ser professor e aluna e enfim estão livres para viver seu amor. Ou pelo menos era o que pensavam. Após uma viagem romântica para a Itália, durante a qual Gabriel ensina a Julia todos os mistérios do prazer e, em troca, aprende com ela o significado do amor verdadeiro, os dois veem seus sonhos ameaçados. Duas denúncias junto ao Comitê Disciplinar da Universidade põem em risco o emprego de Gabriel e a carreira brilhante e promissora de Julia. Será que o professor vai ceder às ameaças ou irá lutar até o fim por sua amada? Será que essa paixão conseguirá resistir a um julgamento implacável? Na apaixonante sequência de “O inferno de Gabriel”, Sylvain Reynard constrói uma bela história de amor, da qual os leitores jamais se esquecerão.

Minha opinião: O segundo volume me agradou bem menos, pelo menos no começo. O livro desde o primeiro foi tenso, mas sei por experiências a trilogias, que o primeiro é sempre muito bom, o segundo é o pior, pois sempre tem um problema muito ruim que só vai ser resolvido no terceiro e olhe lá. 

Então nesse Gabriel e Julia tem que apagar os fantasmas do passado e ainda aturar as dificuldades do presente. Gabriel já era atormentado, e agora, amando de um jeito que nunca amou, se tornou um bobo, tentando não perder Julia de modo algum, e isso o deixa inseguro. 


Julia por sua vez, já era de uma autoestima fragilizada que dava raiva, e nesse então meus amigos, preparem-se para frescurite total. Óbvio que o Gabriel tem os seus casos passados, e que ela tem ciumes, eu também teria, mas ela não releva nada. E ainda defende as ex dizendo que o Gabriel tem que pedir desculpas por ter sido um completo idiota, se eu fosse ele eu ia lá pedir desculpas e algo a mais.Essa bondade me irritou um pouco, por mim, já não era mais bondade e sim burrice.  Por exemplo sobre Paulina, sabe que ela faz parte do passado de Gabriel e ficou toda enciumada. Até ele provar que o passado estava enterrado e pronto. Ela foi muito infantil e Gabriel mais ainda, pois se fosse eu, largava de mão, não tem paciência acima do limite.

Não gosto de frescura, se uma pessoa diz que não gosta de mim, não vou insistir pra ficar comigo, mesmo se fosse meu marido, que eu amo mais do que tudo(ele e minha filha), se ele chegasse e dissesse que não gostava mais de mim, eu entenderia, eu ia sofrer e chorar sozinha, mas não ia implorar para ele voltar pra mim. 

" - Também te amo, mas não sei amá-la de outra forma.
- Também não sei amá-lo de outra forma.
- Então que Deus tenha piedade de nós."

Paulina é uma pessoa cheia de amarguras por causa do seu passado e de tudo que aconteceu entre ela e Gabriel, mas não quer ir adiante, não quer se tratar, não quer partir pra outra, não quer ter um outro amor, pois só amou o Gabriel e é o único que ela quer amar. 
Christa já é uma mal amada, que tem rancor em seu coração, que tem ódio e que quer as pessoas sempre no seu pé, e como não consegue atingir Gabriel e nem sequer chamar sua atenção, parte para medidas mais drásticas. 

Paul é outro, que ama Julia, e que fica nutrindo uma coisa que está fora de seu alcance.
Por outro lado, o pai de Julia mudou muito nesse livro, ficou mais maduro e entendeu que estava errado. Richard como sempre com a paz no seu coração, mesmo tendo perdido Grace, tenta manter a família da melhor forma possível. Rachel é uma personagem que eu gosto bastante, sempre lá para ajudar Gabriel, Julia, seu noivo e sua família destruída pela perda de Grace.

Bom, na metade do livro, o romance passa, e o suspense, ação e um trama envolvente me envolveu de uma forma contagiante. Gabriel e Julia começam a ser investigados e começa O Julgamento de Gabriel. Adoro livros que tenham julgamentos, advogados extasiados, com garra, e adorei a advogada de Julia. Eu não queria parar de ler... e ficava com muito medo quando Gabriel ou Julia abriam a boca, ainda mais Gabriel que tem o pavio curto. Na minha opinião, ambos erraram quando abriram a boca, e os advogados pediram mil vezes para seus clientes ficarem quietos. A forma que a autora descreveu o julgamento foi a melhor parte do livro na minha opinião, me senti lá dentro, como uma expectadora especial por estar vivendo esse momento.

"Gabriel se afastou e deu um soco na parece. Então recuou, arrastando pedaços de reboco e pó consigo, antes de esmurrar a parede mais duas vezes, em rápida sucessão."

E o final é muito bom também, e estou esperando meu A redenção de Gabriel chegar para terminar essa trilogia que só posso dizer que me agradou bastante.

Nota máxima ao livro.


Eunice Ely